ADPP recebe apoio da Eni Angola na formação de professores

ADPP recebe apoio da Eni Angola na formação de professores

A empresa Eni Angola renovou o seu apoio às organizações não-governamentais Volontariato Internazionale per lo Sviluppo (VIS) e Ajuda de Desenvolvimento de Povo para Povo (ADPP) com a finalidade de formar 240 professores e beneficiar 10 mil crianças na província do Cunene

Desde 2019 que a Eni tem apoiado o projecto “Capacitação Pedagógica de Professores de Escolas Primárias em Serviço” da ADPP, na província da Huíla, proporcionando educação de melhor qualidade a mais de 20 mil crianças de escolas primárias rurais, através da formação de 628 professores.

De acordo com uma nota de imprensa que chegou à redacção do jornal OPAÍS, o mesmo projecto será também desenvolvido na província do Cunene, onde serão formados, ao longo deste ano, 240 professores na escola de formação de professores da ADPP Angola, no Cunene.

Com a formação daquele número de professores, prevê-se beneficiar cerca de 10 mil alunos. O apoio à VIS e à ADPP complementa os diversos projectos sociais da Eni Angola, que se concentram no acesso à energia, acesso à água, à saúde e agricultura.

Este projecto tem como foco o sector da educação, porém a Eni Angola desenvolve outros projectos de sustentabilidade visando o acesso à energia e à água, à saúde e agricultura, particularmente nas províncias da Huíla, Namibe, Luanda e Cabinda, para além de apoiar também o sector de desminagem.

Sem mencionar o valor do financiamento providenciado para a execução do projecto, “a Eni tem como meta alargar a sua contribuição à promoção do desenvolvimento sustentável do país, não apenas através de projectos sociais geridos pela empresa particularmente nos sectores de acesso à energia e à água, à agricultura e saúde, mas também por via do apoio a projectos geridos por algumas ONG com trabalho reconhecido no país, em diversos sectores”, lê-se.

De lembrar que VIS é uma ONG italiana, que opera no território nacional em colaboração com os Salesianos de Dom Bosco desde 1991.

O projecto também melhora o acolhimento, educação e saúde das crianças, com especial atenção à protecção e prevenção da pandemia da Covid-19 e a implementação de modelos piloto de reinserção familiar e profissional das crianças que saem das ruas.

A ADPP é uma ONG nacional que está activa em Angola desde 1986, com o objectivo de contribuir para o desenvolvimento sustentável das comunidades.

Em colaboração com o Governo de Angola, a ADPP opera nas áreas da Educação, Saúde, Agricultura, Ambiente e Desenvolvimento Comunitário Integrado. De acordo com a nota, Angola desempenha um papel fundamental na estratégia de crescimento orgânico da Eni, uma empresa que está presente no país desde 1980.

Para além do Bloco 15/06, a Eni opera actualmente o Bloco de Cabinda Norte, Bloco 1/14, Bloco de Cabinda Centro e Bloco 28.

Pelo segundo ano, a Eni e os seus Parceiros do Bloco 15/06, nomeadamente a Sonangol P&P e a SSI Fifteen Ltd., renovaram o apoio às ONG’s VIS e ADPP, reforçando o compromisso de promover o desenvolvimento sustentável no país.