Presidente da República do Congo anuncia recandidatura ao cargo

Presidente da República do Congo anuncia recandidatura ao cargo

Denis Sassou Nguesso, de 77 anos, ocupa o cargo há 36. Eleições estão marcadas para 21 de Março. “Juntos vamos participar na paz e continuar a marcha para o desenvolvimento”, garantindo transparência, noticiou a imprensa

O Presidente da República do Congo anunciou ontem Sábado que vai recandidatar-se ao cargo que ocupa há 36 anos, concorrendo às eleições presidenciais marcadas para 21 de Março e garantindo que os resultados serão transparentes.

“Vamos candidatar-nos às eleições presidenciais de 21 de Março, obrigado por nos darem a oportunidade de tomar uma decisão final sobre este tema”, disse Denis Sassou Nguesso, de 77 anos, a uma multidão que foi assistir ao lançamento da estrada que ligará o país ao Gabão.

“Juntos vamos participar na paz e continuar a marcha para o desenvolvimento”, acrescentou, antes de prometer que “as eleições vão realizar-se de forma transparente”. O governante já tinha sido nomeado como candidato presidencial pelo seu partido político, o Partido Trabalhista Congolês (PCT), e mais 16 outros partidos que compõem a coligação.

O anúncio oficial feito por Sassou Nguesso foi precedido de um conjunto de ofertas feitas pelos anciãos da região de Niari, que o presentearam com símbolos tradicionais do poder, como tapetes, peles e dentes de pantera, de acordo com o relato feito pelo jornalista da agência francesa de notícias, a AFP.

Presidente da República do Congo entre 1979 e 1922 e novamente desde 1997, Sassou Nguesso governa o país de 5 milhões de habitantes e dependente das exportações de petróleo, que se viu obrigado a recorrer à ajuda do Fundo Monetário Internacional (FMI) no seguimento da queda dos preços, em 2014, deixando o país mergulhado numa crise económica.