MITRANS e futuro operador do Terminal Multiuso do Porto de Luanda rubricam protocolo hoje

MITRANS e futuro operador do Terminal Multiuso do Porto de Luanda rubricam protocolo hoje

O Ministério dos Transportes e a multinacional Dubai Ports World assinam o contrato de concessão do Terminal Multiuso do Porto de Luanda, hoje, 25 de Janeiro, às 10 horas, numa unidade hoteleira da capital do país. Após a assinatura segue-se uma conferência de imprensa.

A adjudicação do Terminal Multiuso do Porto de Luanda tem como principal objectivo a promoção do desenvolvimento e melhoria da eficiência da actividade portuária no país, através do envolvimento de operadores privados com experiência comprovada no sector.

O Governo angolano lançou, no passado dia 16 de Dezembro de 2019, o Concurso Público Internacional de concessão, exploração e gestão por intermédio do Ministério dos Transporte e recentemente aprovou o relatório final do Concurso Público Internacional submetido pela respectiva Comissão de Avaliação, que classificou a proposta apresentada pela concorrente DP World, Ltd.

Segundo o programa, participam da cerimónia o ministro dos Transportes, Ricardo Viegas de Abreu, e o CEO na DP World, Sultan Ahmed Bin Sulayem, bem como o presidente da comissão de avaliação, João Fernandes.

A Dubai Ports World é uma multinacional de logística dos Emirados com sede em Dubai, especializada em logística de cargas, operações de terminais portuários, serviços marítimos e zonas francas.

Formada em 2005 pela fusão da Dubai Ports Authority e Dubai Ports International, a DP World lida com 70 milhões de contentores que são transportados por cerca de 70.000 navios anualmente, equivalendo a cerca de 10% do tráfego global.

A futura operadora do terminal do Porto de Luanda opera 82 terminais marítimos e terrestres em mais de 40 países. Até 2016, era principalmente uma operadora portuária global e, desde então, adquiriu outras empresas na cadeia de valor.