Receitas do turismo caem em mais de 52 por cento no Cunene

Receitas do turismo caem em mais de 52 por cento no Cunene

Um milhão, 693 mil e 039 kwanzas é a receita arrecadada em 2020, pelo sector de hotelaria e turismo na província do Cunene, um decréscimo de um milhão, 513 mil e 959 kwanzas em relação a 2019

O valor resulta do licenciamento e renovação de licenças de oito empresas do ramo de restauração e similares que geraram 42 postos de trabalho. Em declarações à Angop, o director do gabinete da Juventude e Desporto, Hotelaria e Turismo do Cunene, Marcelino dos Santos, disse que os indicadores apontam para uma redução de 52,79 por cento, em consequência da Covid-19.

Lembrou que as medidas de prevenção do vírus ditaram o encerramento das fronteiras e o confinamento social, que acabaram por restringir significativamente os serviços hoteleiros. Face à situação, referiu, registouse o encerramento de 13 unidades hoteleiras e o despedimento de 62 pessoas. Apesar destes indicadores, realçou que o gabinete tem como desafio para 2021 tornar as zonas turísticas mais atractivas, visando a promoção das potencialidades da região. Para tal, realçou a necessidade de as administrações locais trabalharem na melhoria das vias de acesso às zonas turísticas da região, como…

 

Leia mais na edição em PDF do Jornal OPais Diário.
Faça já a sua subscrição!
Envie um e-mail para info@opais.co.ao e tenha acesso à todas as notícias na íntegra.