Carta do leitor: Abaixo o crime em Luanda e arredores!

Carta do leitor: Abaixo o crime em Luanda e arredores!

Caro coordenador do jornal O PAÍS, saudações e votos de óptima Quarta-feira… Nos últimos dias, as redes sociais fizeram muito alarido aos crimes de rapto e de roubo em Luanda, capital de Angola, e arredores. O fenómeno não tem uma fixa limpa, mas há bairros em que os bandidos “instituíram” o recolher obrigatório. Isto acontece porque a falta de iluminação pública que se vê em Luanda já vai sendo normal.

Querendo ou não, isso dificulta o trabalho dos agentes da Polícia Nacional, sobretudo naquelas zonas de difícil acesso. Assim, é importante a administração local, municipal e outros parceiros do Estado criarem condições para reduzir o crime em Luanda e arredores. Não tem sido fácil lidar com situações pontuais de bairros, porém a presença da Polícia Nacional gera descontentamento e obriga, muitas vezes, a realização de justiça por mãos próprias, o que também não defendo.

Fico alegre por saber que o Serviço de Investigação Criminal (SIC), Luanda, esclareceu que continuam a trabalhar para controlar o crime na província de Luanda e arredores. Isso deixa qualquer cidadão alegre, uma vez que o esforço dos agentes no terreno visam, sempre, repor a ordem e a tranquilidade pública na capital.

A declaração do SIC tranquiliza os cidadãos, mas penso que a colaboração deve ser de todos e todas as instituições, porque somos parte nos problemas sociais desta rica e bela Angola, um Estado fundado em princípios que norteiam o bem estar social.Por isso, abaixo o crime e continuo a respeitar o trabalho da Polícia Nacional, apesar de que não se agrada a gregos e troianos.

POR: Kilunje Manuel,
Cacuaco, Luanda