Primeiro-ministro italiano Giuseppe Conte renuncia, diz presidente da Itália

Primeiro-ministro italiano Giuseppe Conte renuncia, diz presidente da Itália

O primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, apresentou um pedido de renúncia ao presidente Sergio Mattarella, que lhe propôs o contínuo desempenho das suas funções como primeiro-ministro

“O presidente tirou um tempo para tomar a decisão e propôs ao governo o desempenho das suas funções correntes”, de acordo com o comunicado do Palácio presidencial do Quirinal. A conversa entre Conte e Matarella durou cerca de meia hora. O presidente Mattarella dará início a consultas com líderes dos partidos parlamentares, na Quarta-feira (27), para procurar uma saída da crise governamental actual, segundo anunciou o seu gabinete.

Conte recebeu o pedido para continuar a desempenhar as suas funções enquanto ocorrerem as consultas. Veículos de imprensa italianos informaram que Conte realizaria uma conferência de imprensa ainda nesta Terça-feira (26). Depois surgiu a informação de preparação de uma mensagem gravada em vídeo. Fontes do Palácio governamental Chigi, em Roma, não confirmam nenhum dos cenários.

Anteriormente, surgiram informações de que Conte renunciaria devido à crise política italiana. A crise começou quando o partido Itália Viva anunciou a saída dos seus representantes no Conselho dos Ministros. A saída do Itália Viva fez com que, sem votos do partido, a coligação actual deixasse de ser a maioria no Parlamento italiano. Os seus representantes principais, Movimento 5 Estrelas e Partido Democrata, já anunciaram apoio à candidatura de Conte para um terceiro mandato.