Angola encerra Mundial do Egipto sem vencer

Angola encerra Mundial do Egipto sem vencer

Depois de não ter conseguido melhorar o 23.º lugar da edição passada, o combinado angolano ficou na última posição da prova que decorre no Egipto. Ontem, Angola perdeu por 29-30 diante da selecção do Reino de Marrocos

 

A Selecção Nacional de andebol sénior masculina terminou, ontem, no último lugar do Campeonato do Mundo, após perder, por 2930, diante da sua similar do Marrocos, em jogo referente às classificativas da penúltima e última posição da prova que decorre em solo egípcio.

Assim, os marroquinos encerram a participação no Mundial no penúltimo posto da tabela classificativa. Apesar de não ter realizado nenhum jogo de preparação, devido à Covid-19, a direcção da Federação Angolana da modalidade é obrigada a esboçar melhor a participação da equipa nas provas internacionais.

Durante o jogo, os comandados de José Pereira “Kidó” começaram o desafio dispostos a evitar o último lugar da competição, por isso, procuravam construir um resultado que lhes garantisse a vitória.

Com uma defesa agressiva, rematavam a longa, bem como a curta-distância para bater o guarda-redes marroquino, que teve um arranque de jogo péssimo. Por este motivo, o combinado angolano terminou a primeira parte a vencer, por 1413, um golo de diferença, o que espelha algum equilíbrio durante os 30 minutos.

No reatamento do desafio, o técnico da selecção do Marrocos alterou as peças, o que permitiu anular as principais unidades da turma angolana e venceu neste parcial, curiosamente, por 14-13, um tento de vantagem para os marroquinos.

Ou seja, o jogo terminou empatado a 27-27, segundo o regulamento do Campeonato do Mundo, quando há igualdade no marcador final as duas equipas devem decidir na marcação das grandes penalidades. Nas penalidades, a Selecção Nacional apontou apenas dois golos, contra três do adversário que chamou a si a vitória por 30-29.