Uíge prevê retomar produção de cobre em 2023

Uíge prevê retomar produção de cobre em 2023

A província do Uíge poderá retomar a exploração de cobre, com a entrada em funcionamento, a partir de 2023, do Projecto Mavoio, que inclui as minas de Mavoio, Tetelo e Bembe, uma iniciativa da Sociedade Mineira de Cobre de Angola (SMCA).

Trata-se de uma zona com uma extensão de aproximadamente 9,684,5 Km2, que já foi objecto de exploração durante o período colonial e quando voltar a funcionar (em 2023) poderá criar 500 postos de emprego directos e milhares indirectos.

Em entrevista à ANGOP, o presidente do Conselho de Administração da SMCA, Rui Lopes, explicou que foram investidos, em 2009, USD 59 milhões na exploração nas zonas de Tetelo, Pecheche, Lueza, Quinzo, Quimbumba e Bembe.

Os trabalhos de prospecção geraram 115 furos de sondagem, correspondentes a 60 mil metros, com uma previsão total de produção, em 15 anos, de 326 mil toneladas de cobre contido.

Leia mais na edição em PDF do Jornal OPais Diário.

Faça já a sua subscrição!

Envie um e-mail para info@opais.co.ao e tenha acesso à todas as notícias na íntegra.