1º de Agosto projecta embate frente ao Bravos do Maquis

1º de Agosto projecta embate frente ao Bravos do Maquis

Os militares acertam hoje no Estádio França Ndalu, no Cassequel, em Luanda, os últimos detalhes, visando o desafio de amanhã com o Bravos do Maquis do Moxico, embate referente à oitava jornada do Girabola 2020/2021, no Estádio 11 de Novembro, às 17:00

Depois de ter vencido no passado Domingo o seu rival de longa data, o Petro de Luanda, por uma bola sem resposta, com o autogolo de Matwila, o 1.º de Agosto prepara o desafio diante do Bravos do Maquis do Moxico.

O desafio, que vai acertar a oitava jornada da maior festa do desporto-rei em Angola, disputa-se amanhã, no Estádio 11 de Novembro, às 17:00.

Como é sabido, o jogo não se disputou na data marcada em virtude dos problemas técnicos na aeronave que deveria transportar a equipa maquisarde para Luanda.

Posto isto, a equipa das Forças Armadas Angolanas só pensa em somar a terceira vitória consecutiva na competição. Aliás, está motivada depois de ter levado a melhor no “clássico dos clássicos” do futebol angolano.

Naquela partida, os rubro-negros foram superiores comparativamente aos tricolores do primeiro ao último minuto. Por este facto, o clube do Catetão não conseguiu fazer um remate enquadrado à baliza de Toni Cabaça. Assim, vão tentar repertir a proeza, desta vez, frente aos comandados de Zeca Amaral.

No entanto, os militares terão de estar na máxima força, uma vez que o Bravos do Maquis não virá a Luanda para fazer turismo. Aliás, vem de uma vitória frente ao Recreativo do Libolo, por uma bola sem resposta.

Deste modo, virá à capital do país com o objectivo de discutir os três pontos com o clube fundado em 1977.

Por isso, o treinador-adjunto dos militares, Filipe Nzanza, vai apostar na melhoria dos aspectos técnicos e tácticos, sem descurar a condição física e emocional dos atletas.