Petro de Luanda com tarefa complicada no Estádio do Tafe

Petro de Luanda com tarefa complicada no Estádio do Tafe

Os tricolores batem-se, hoje, com o Sporting de Cabinda, no Estádio do Tafe, em desafio pontuável, para a décima primeira jornada do Girabola 2020/2021, às 15:00. O clube do Eixo Viário lidera a maior festa do desporto-rei em Angola com 19 pontos

O Petro de Luanda mede forças, esta tarde, com o Sporting de Cabinda, no “tapete verde” do Estádio do Tafe, em partida a contar para a abertura da 11ª jornada da maior festa do futebol nacional, Girabola 2020/2021.

Os tricolores vêm de um desaire na 57.ª edição da Liga dos Campeões Africanos diante do Horoya da Guiné Conacry, por duas bolas sem resposta.

Naquele desafio, que abriu a primeira jornada do grupo C da prova, o cube petrolífero não teve capacidade para se bater olhos nos olhos com o adversário.

A equipa angolana entrou muito nervosa, tendo cometido muitas faltas desnecessárias. Em virtude disto, aos 44 minutos, o médio Adão viu o cartão vermelho depois de uma entrada ríspida sobre o seu adversário. Segundo a fonte deste Jornal, a derrota com os guineenses faz parte do passado, sendo que, neste momento, as atenções estão focadas no embate diante dos “leões” de Cabinda. Neste encontro, a formação petrolífera parte como favorita, sendo que no historial de confrontos, leva vantagem.

O Petro de Luanda já triunfou diante do Sporting de Cabinda em 13 ocasiões, contra seis dos “leões”.

Como é evidente, as estatísticas mostram que com menor ou maior dificuldade a equipa do Catetão sairá da partida com os três pontos.

Mas, os petrolíferos estão avisados de que as coisas não serão fáceis, uma vez que as estatísticas não garantem vitórias.

Por este facto, os comandados de Emena Kwazambi vão vestir o “facto de gala” para surpreender a formação mais titulada no futebol nacional.

Segundo a equipa técnica, o grupo está preparado para discutir o resultado com os petrolíferos do início ao fim.

O Sporting de Cabinda ocupa, neste momento, a “lanterna vermelha”, ou seja, o décimo sexto lugar com apenas 4 pontos.

Outras partidas:

No Estádio 4 de Janeiro, o Santa Rita de Cássia do Uíge enfrenta o Bravos do Maquis, às 15:00, ao passo que o Recreativo da Caála visita o Cuando Cubango FC, no mesmo horário.

Por seu lado, o Recreativo do Libolo bate-se com o Baixa de Cassanje e o Progresso do Sambizanga terá pela frente o Ferrovia do Huambo.