Furto de energia eléctrica faz 1.º detido

Furto de energia eléctrica faz 1.º detido

O SIC, na Lunda-Norte, deteve um cidadão de 33 anos, acusado de furto de energia eléctrica privada, à luz do novo Código Penal.

O facto aconteceu no centro urbano do município do Cambulo, quando, por meio de denúncia de um cidadão, detentor de um gerador industrial que fornece energia eléctrica à sua residência, passou a notar fraca capacidade da energia no seu domicílio, facto que o motivou a solicitar a intervenção de um electricista.

A intervenção dos técnicos levou a que se detectasse que o vizinho havia conectado, clandestinamente, o cabo na sua corrente para a obtenção da energia eléctrica e, por sua vez, a vinha comercializando a terceiros sem o consentimento do ofendido enquanto proprietário.

O acusado foi detido, uma vez que no novo Código Penal o furto de energia eléctrica constitui crime, pelo que, para a formalização da culpa e seguimento legal do processo-crime, será presente ao Ministério Público.