Mãe e filho detidos por tráfico de cocaína na Huíla e Cunene

Mãe e filho detidos por tráfico de cocaína na Huíla e Cunene

Uma cidadã, de 38 anos, e seu filho, de 16 anos, foram detidos pela Polícia Nacional na Huíla, acusados de tráfico e comercialização de cocaína nas províncias da Huíla e Cunene. Com eles, foram encontrados 123 porções de cocaína.

A informação que chegou à redacção do jornal OPAÍS, através do GCII da Polícia Nacional, dá conta que o Departamento de Investigação de Ilícitos Penais do Comando Provincial da Huíla, no âmbito das acções tendentes à investigação e detenção de marginais procedeu, no último Domingo, 14, ao desmantelamento de uma rede de marginais que se dedicava ao tráfico e comércio de cocaína nas províncias da Huíla e Cunene.

A droga vinha da província do Cunene, fornecida pelo cidadão, também detido, identificado por Manuel António, solteiro, de 60 anos, comerciante. Quem recebia a droga era Verônica Feca José, mais conhecida por Nica, de 38 anos, e junto com o filho, Leandro Arsênio, de 16 anos, se dedicavam ao comércio da mesma na Huíla.

A visada e o filho foram interpelados em flagrante delito na posse de 123 porções da droga, cocaína, que estavam a ser comercializadas, no bairro Comercial, ao preço de seis mil Kwanzas.

Desmanteladas seis lavras de cannabis no Zaire

Sobre drogas não é tudo, pois as forças da Terceira Unidade de Polícia de Guarda Fronteira do Comando Provincial do Zaire da Polícia Nacional, destacadas no Posto Fronteiriço de Mpala, procederam, recentemente, à destruição de seis lavras, que correspondem a seis hectares, de cultivo de cannabis sativa (liamba), localizada a 57 quilómetros da sub-unidade de Mpala.

No decorrer da operação foram detidos 20 cidadãos da República Democrática do Congo (RDC), supostos lavradores das tongas acima referidos, que, após serem catalogados, foram deportados para o país de origem.