1º de Agosto vira baterias para o Namungo FC da Tanzânia

1º de Agosto vira baterias para o Namungo FC da Tanzânia

Depois do triunfo no Girabola 2020/2021 frente à Académica do Lobito, 1-0, o 1º de Agosto está atento ao Namungo FC da Tanzânia, na última eliminatória de acesso à Taça Nelson Mandela.

A equipa angolana, com viagem prevista para o palco da competição esta tarde, disputa o jogo da primeira e segunda mãos no reduto dos tanzanianos.

Isto deu-se pelo facto de o Namungo não ter realizado o jogo na semana passada, em Luanda, tudo, porque cinco atletas daquela equipa testaram positivo à Covid-19. Por esta e outras razões, o Namungo FC da Tanzânia regressou, alegando que tiveram uma péssima recepção em Luanda.

Posto isto, a Confederação Africana de Futebol (CAF) em reunião decidiu que as duas equipas não tinham culpa de nada, porém devem jogar num único reduto.

Assim, o técnico adjunto do 1º de Agosto, Filipe Nzanza, fez saber que não há preocupação senão continuar a trabalhar para o efeito.

O adjunto de Paulo Duarte referiu que não tem outra alternativa senão preparar a equipa e manter os níveis competitivos. Pois, está em causa o apuramento, uma vez que caíram em Luanda aos pés do Kaizer Chiefs da África do Sul, nas eliminatórias de acesso à Liga dos Clubes Campeões Africanos.

O triunfo, desta Quarta-feira, frente à Académica do Lobito mostrou que o grupo tem capacidade para vencer fora de portas.

Ainda assim, no lado direito do clube militar Zini e Isaac estão a entender-se melhor, por isso prometem dar cartas no embate deste Domingo frente ao Namungo FC da Tanzânia.