Agente da Polícia morto à facada durante assalto

Agente da Polícia morto à facada durante assalto

Um agente da Polícia Nacional (PN) de 55 anos foi morto à facada na via pública, na madrugada de Quarta-feira, na cidade do Lubango, por supostos marginais, quando tentava reagir à um assalto, ao sair de casa para o trabalho.

O 3º sub-chefe, destacado no departamento de Segurança Púbica e Operações do Comando Provincial da PN da Huíla, estava trajado a civil quando foi abordado por marginais que pretendiam se apropriar da sua motorizada pessoal, de marca TVS.

Os marginais, que empunhavam arma branca, terão anunciado o assalto e diante da recusa do agente policial em entregar o seu meio de transporte partiram, presumivelmente, para a agressão física.

“O facto aconteceu a poucos metros de casa, onde foi interpelado por elementos não identificados, que usaram a faca para golpear o pescoço, ferimento que o levou à morte imediata”, detalhou o inspector José Chimuco.

O director do gabinete de Comunicação Institucional e Imprensa da PN na Huíla disse que a vítima foi encontrada morta no bairro Nambambe, zona da “Boa Esperança”.

José Chimuco disse que a Polícia desencadeou investigações para descobrir os autores e responsabilizá-los criminalmente, bem como apurar as reais motivações deste crime, descrito como sendo de assalto à mão-armada, concorrido com homicídio.