Petro com tarefa difícil diante do Wydad Casablanca

Petro com tarefa difícil diante do Wydad Casablanca

Depois da derrota na primeira jornada diante do Horoya da Guiné Conacry, os tricolores tentam, hoje, o primeiro triunfo diante do Wydad Casablanca de Marrocos, no Estádio 11 de Novembro, em Luanda, em partida a contar para a segunda ronda do grupo C da Liga dos Campeões de África, às 14:00

O Petro de Luanda mede forças, esta tarde, com o Wydad Casablanca de Marrocos, no “tapete verde” do Estádio 11 de Novembro, na capital do país, em partida referente à segunda jornada do grupo C da 57ª edição da Liga dos Clubes Campões de África, às 14:00.

Os petrolíferos entram para este encontro com o pensamento que passa apenas pela conquista dos três pontos. Depois da derrota na primeira jornada diante do Horoya da Guiné Conacry, por duas bolas sem resposta, o representante angolano encara o conjunto marroquino com elevado grau de responsabilidade.

Os comandados do treinador Faouzi Benzarti são candidatos à vitória, uma vez que têm tradição na maior montra da modalidade no continente berço.

O Wydad Casablanca, que já sagrou- se vencedor da competição em duas ocasiões, ou seja, em 1992 e 2017, é um adversário de má memória para o Petro de Luanda. Ambas as formações reencontram- se pela terceira vez, sendo que nos dois últimos embates houve empate e uma vitória a pender para as hostes dos marroquinos. Na edição anterior da prova, Wydad e Petro de Luanda bateram-se no grupo C, sendo que na primeira jornada, o clube angolano perdeu no reduto do adversário por quatro bolas a uma.

Na segunda jornada, isto é, no Estádio 11 de Novembro, em Luanda, ambas as equipas não passaram de uma igualdade a duas bolas. Com estes dados, tudo indica que o Petro de Luanda terá imensas dificuldades para conseguir pontuar diante dos marroquinos.

No lançamento da partida, o treinador do Petro de Luanda, Toni Cosano reconheceu que a sua equipa irá encontrar muitas dificuldades, porque o adversário é forte em vários sectores.

Ainda assim, garantiu que a sua equipa vai dar o máximo para sair da partida com a vitória.

O espanhol disse ainda que Inusah Musah está recuperado da lesão, pelo que poderá entrar de início no embate com os marroquinos. “Será difícil porque o adversário tem uma vasta experiência na prova. Mas, prometemos dar tudo para conseguirmos os primeiros três pontos na competição”, disse.