Cidadela acolhe hoje apresentação da Taça Sayovo em atletismo

Cidadela acolhe hoje apresentação da Taça Sayovo em atletismo

A prova, que homenageia o antigo velocista paralímpico angolano, de 10 quilómetros, é apresentada hoje, a partir das 10 horas, em conferência de imprensa, na sede do CPA, na Cidadela Desportiva. O evento poderá contar com a presença de 128 atletas

A coordenação da XIII edição da Taça Sayovo em atletismo apresenta hoje, às 10:00, na sede do Comité Paralímpico Angolano (CPA), sita no Complexo da Cidadela Desportiva, em conferência de imprensa, a prova que sai às ruas de Luanda, no próximo Domingo.

Segundo um documento a que o jornal O PAÍS teve acesso, a partida será defronte às Torres Atlântico na Marginal, às 8 horas, e a chegada no parque de eventos vulgo “Tendas brancas” da Marginal.

A mesma assegura que a prova terá um percurso de 10 quilómetros, cobrindo por isso toda a extensão da Avenida Marginal de Luanda em duas voltas.

Para esta empreitada, a coordenação, encabeçada por Lobo de Nascimento, confirma a presença de 14 províncias. Deste modo, participarão também atletas federados de renome nacional dos principais clubes de Angola.

“Por questões de segurança, a organização achou conveniente não permitir a participação de populares de modo a evitar aglomerado de pessoas que ultrapasse o número de atletas que se exige, face à Covid-19”, lê-se no documento.

A chegada das delegações está marcada para hoje, para que sejam observados os princípios de biossegurança e respectiva quarentena que se exige para combater a pandemia que está assolar o mundo.

A prova é orçamentada pelo Estado angolano e tem feito parte do Orçamento Geral do Estado ao longo dos anos que não se disputa.

Histórico de José Sayovo Jose Armando Sayovo

É natural do Bié e é o atleta angolano com o maior número de medalhas. Tem um pecúlio de 48 medalhas internacionais (25 de ouro, 21 de prata e duas de bronze). Subiu ao pódio em três ocasiões consecutivas de Jogos Paralímpicos, designadamente, em Atenas’2004 (Grécia), Beijing’2008 (China) e Londres’2012 (Inglaterra)