Editorial: Inquérito no estado maior General

Editorial: Inquérito no estado maior General

Face aos acontecimentos dos últimos dias, envolvendo o tenente-general Simão Carlitos ‘Wala’, que provocou repulsa por parte de determinados segmentos da própria sociedade, o Estado-Maior General das Forças Armadas decidiu, ontem, Quarta-feira, 3, instaurar um processo para apurar o que se terá passado na realidade.

Vídeos postos a circular demonstravam o oficial, conhecido por se ter evidenciado na operação que determinou a morte do líder fundador da UNITA e antigo líder da rebelião armada, Jonas Savimbi, a ralhar uma jovem que se encontrava no mesmo local. Porém, outras vozes dizem o contrário.

Para já, vale a atitude do Estado-Maior das Forças que solicitou ao seu Conselho de Disciplina que apure o que na realidade se terá passado, independentemente da função e da patente do oficial general. Até ao momento, Wala é inocente, como alguns têm apregoado, uma situação que só se pode inverter e ter outras consequências caso seja responsabilizado.