Covid-19: 50 casos novos, dois óbitos e 66 recuperados

Covid-19: 50 casos novos, dois óbitos e 66 recuperados

Nas últimas 24 horas, o país registou a ocorrência de 50 casos novos de infecção da Covid-19, duas mortes e 66 pessoas recuperadas. Entre os infectados, constam 47 de Luanda, um de Cabinda e igual número do Cuanza- Sul e da Huíla. Segundo o boletim epidemiológico da Direcção Nacional de Saúde Pública, existem no total 22.182 casos positivos, com 536 óbitos, 20.446 recuperados e 1.200 casos activos

De acordo com o boletim informativo da pandemia, nas últimas 24 horas, mais duas pessoas perderam a vida em consequência da Covid-19. Trata-se de cidadãos angolanos, com idades de 35 e 92 anos, sendo um de Luanda e outro do Bié.

A Comissão Multissectorial de Prevenção e Combate à Covid- 19 anunciou, ontem, a ocorrência de 50 novos casos da pandemia, dos quais 30 do sexo masculino e 20 do feminino, com idades entre um e 82 anos.

Entre os infectados, constam 47 de Luanda, um de Cabinda e igual número do Cuanza-Sul e da Huíla.

Assim sendo, conseguiram recuperar 66 pessoas, com idades entre um e 70 anos, das quais 27 em Luanda, 22 na Huíla, 14 no Cuando Cubango, um no Huambo, Cunene e Namibe, respectivamente.

Entretanto, com a alteração dos dados o país passa a ter um registo de 22.182 casos positivos de Covid-19, com 536 óbitos, 20.446 recuperados e 1.200 activos.

Entre os casos activos, sete estão em estado crítico, nove em estado grave, 40 moderados, 31 com sintomas leves e 1.113 assintomáticos.

Dos infectados, 87 estão internados nos diferentes centros de tratamento a nível do país, 26 estão a ser acompanhados pela quarentena institucional e os restantes observam o isolamento domiciliar.

Esclareceu ainda que a equipa de saúde mental e intervenção psico-social assistiu, nas últimas 24 horas, 1.500 contactos através da linha de apoio psicológico.

Dados gerais de testagem nos pontos de fronteira

Nos pontos de entrada e saída de Luanda foram atendidas na base de testes rápidos serológicos 601 utentes com o complemento do antigénio nos casos reactivos.

Os laboratórios processaram 1.661 amostras por RT-PCR. O cumulativo aponta para 428.491 amostras processadas com uma taxa de positividade de 5,2 por cento.