Covid-19- 129 casos novos, um óbito, 47 recuperados

Covid-19- 129 casos novos, um óbito, 47 recuperados

Cento e vinte nove casos de infecção de Covid-19, um óbito, quarenta e sete pessoas recuperadas e 1281 casos activos, são as ocorrências registadas nas últimas 24 horas, de acordo com o Boletim epidemiológico da Direcção Nacional de Saúde Pública( DNSP). Dos infectados constam 112 da província de Luanda, cinco de Cabinda e da Huila, respectivamente, dois de Benguela, um do Bengo, registando-se igual número em Malanje, no Namibe, no Uige e Zaire

De acordo com o Boletim informativo da pandemia, nas últimas 24 horas, mais uma pessoa perdeu a vida em consequência da pandemia. Trata-se de cidadão angolano de 66 anos de idade.

A comissão multissetorial de Prevenção e Combate à Covid-19, anunciou, ontem, a ocorrência de 129 novos casos, dos quais 100 do sexo masculino e 29 do feminino, com idades entre 9 e 73 anos.

Entre os infectados, constam 112 da província de Luanda, cinco de Cabinda e da Huila, respectivamente, dois de Benguela, um do Bengo, registando-se de igual número em Malanje, no Namibe, no Uige e Zaire.

Foram recuperadas 47 pessoas, com idades compreendidas entre 14 e os 85 anos de idade, em Luanda.

Esclareceu ainda que, com a alteração dos dados, o país passa a ter um total de 22.311 casos positivos, com 537 óbitos, 20.493 recuperados e 1281 casos activos.

Quanto aos casos activos, seis estão em estado crítico, sete em estado grave, 39 moderados, 32 leves e 1197 assintomáticos.

Fez saber, ainda, que 84 infectados estão internados nos diferentes centros de tratamento a nível do país, 26 em acompanhamento em quarentena institucional e os restantes observam o isolamento domiciliar. A equipa de vigilância epidemiológica, assistiu 1.500 contactos, através da linha de apoio psicológico.

1695 amostras processadas

Os laboratórios processaram 1695 amostras por RT-PCR. O cumulativo aponta para 430.186 amostras processadas com uma taxa de positividade de 5, 2 por cento.

Testagem nos pontos de fronteira

Nos pontos de entrada e saída da província de Luanda, foram atendidas na base de testes rápidos serológicos 715 utentes com o complemento do antigénio nos casos reactivos.