Cidadão embriagado mata esposa à facada

Cidadão embriagado mata esposa à facada

Na província de Cabinda, um cidadão de 39 anos de idade está a ser acusado do cometimento de um crime de homicídio em que é vítima a sua esposa, com o pretexto de ter estado embriagado.

A confirmação do facto vem do Serviço de Investigação Criminal (SIC), que procedeu, no último Sábado, 03 de Abril, a detenção do cidadão em causa, de 39 anos, natural de Cabinda, residente no bairro Povo- Grande.

O acusado terá desferido golpes com faca de cozinha, no membro inferior esquerdo da esposa, de 32 anos, natural da República Democrática do Congo, provocando-lhe ferimentos com profundidade de 16 cm que a levou à morte.

Os factos ocorreram às 22h:00 de Sexta-feira, dia 02, no bairro Povo-Grande, no interior do quintal, quando a esposa do suspeito, estava na sua residência a conviver com os cunhados e os sogros, tendo comparecido o agressor (tido como violento) em estado de embriaguez e, munido com uma faca, insurgiu-se contra os familiares.

A esposa, na intenção de acalmar os ânimos e principalmente o do marido, este desferiu-lhe golpes com faca de cozinha e criou impedimento para que os familiares socorressem a vítima. Quando finalmente socorrida ao Hospital Santa Catrina, já era tarde, não resistiu aos ferimentos, e acabou por sucumbir.

Diante do facto foi o cidadão, agora detido, presente ao Ministério Público, para tratamento subsequente.