Hélder Teixeira faz balanço negativo da primeira volta

Hélder Teixeira faz balanço negativo da primeira volta

O treinador do Cuando Cubango FC, Hélder Teixeira, disse, ontem, ter ficado insatisfeito com a prestação da sua equipa na primeira volta da maior festa do desporto-rei em Angola. Em declarações ao jornal OPAÍS, o técnico que já teve passagens pelo Recreativo da Caála e Progresso do Sambizanga, afirmou que os seus pupilos deviam ter feito mais e melhor, em função daquilo que são os objectivos traçados pela direcção antes do arranque da época. Na sua intervenção, o treinador, de 52 anos, revelou que o objectivo do Cuando Cubango passa por manter-se na prova rainha do futebol nacional.

Salientou que a sua equipa terá imensas dificuldades para concretizar o objectivo, uma vez que as equipas que irão cruzar o caminho do Cuando Cubango FC têm argumentos em vários sectores. Ainda assim, acrescentou que, no arranque da segunda volta agendada para o dia 13 do corrente mês, a sua equipa não dará facilidades. Para Hélder Teixeira, independentemente da qualidade dos adversários, o Cuando Cubango FC vai disputar a segunda volta olhos nos olhos. “O balanço não foi positivo. Em função daquilo que são os nossos objectivos devíamos ter feito mais.

Mas, na segunda volta, vamos disputar todos os jogos com o único pensamento que passa pela vitória”, garantiu Hélder Teixeira. O treinador assegurou que a sua formação irá realizar, esta manhã, uma sessão de treino, tendo em vista a partida do próximo Domingo diante do Bravos do Maquis do Moxico, enquadrado no ciclo de preparação, com vista a segunda volta do Campeonato Nacional de futebol da primeira divisão.

Na sessão, Hélder Teixeira vai, em primeiro lugar, trabalhar a condição física dos atletas, para depois privilegiar a organização nas saídas de bola, agressividade no momento da perda de bola, transição ofensiva, jogadas combinadas, bem como circulação da bola, sem descurar a questão anímica. Na tabela classificativa, o Cuando Cubango FC figura no oitavo lugar com 17 pontos. Recorde-se que em quinze partidas, a turma de Hélder Teixeira somou três vitórias, oito empates e quatro derrotas.