Yuri da Cunha revisita cancioneiro de Teta Lando em concerto

Yuri da Cunha revisita cancioneiro de Teta Lando em concerto

Vinte e quatro horas nos separam do grande Show Yuri da Cunha-Teta Lando, a decorrer esta Quinta e Sexta-feiras, no Royal Plaza Hotel, em Luanda

Técnicos de som, instrumentistas, socorristas, entre outros profissionais integrados no projecto, limam as últimas arestas, visando proporcionar um espectáculo de qualidade, obedecendo de certa forma as normas de biossegurança dos espectadores.

De acordo com a agenda da organização, o primeiro concerto terá lugar amanhã, às 20 horas e o segundo depois de amanhã no mesmo recinto.

O terceiro, será um Live da TV Zimbo, no dia 17, deste mês, e o quarto show, dia 1, no Luanda Beach Club, também em Luanda.

O alinhamento dos concertos, segundo a organização, passará pela interpretação das canções, s ‘Independência’, ‘Esperanças Idosas’, ‘Menina de Angola’, Tata Nkentu, ‘Tia Chica’, entre outros sucessos.

Alberto Teta Lando nascido em Mbanza Kongo, capital da província do Zaire, a 2 de Junho de 1948, regressou ao país em 1989, depois da sua participação no Festival Nacional da Cultura (Fenalcut 89), realizado no Estádio Nacional da Cidadela, em Luanda.

Foi um dos grandes defensores e promotores da música angolana. Foi eleito Presidente da União Nacional de Artistas e Compositores (UNAC-SA), em 2006, na qual desenvolveu importantes projectos em defesa da dignidade social da classe artística angolana.

Gravou a sua primeira música em 1968, quando tinha apenas 23 anos e intitula-se “Luginguluami”, a que se seguiram os singles “Mumpiozo Uami” e “Tata Nkento”.

A canção “Kimbemba” que o acompanhou a sua última morada, surge em 1973, e em 1974, o álbum “Independência”, que o distinguiu com Disco de Ouro), naquele  mesmo ano, entre outros.