FACILCRED financia um total de 439 projectos

FACILCRED financia um total de 439 projectos

A sociedade de microcrédito parceira do Banco BNI (A FACILCRED) financiou um total de 439 projectos. Deste número,367 destina-se a província do Huambo, 70 no Namibe e 2 em Luanda, disponibilizando mais de Kz 438 milhões em diversos sectores.

De acordo com informação confirmada pelo Conselho de Administração do BNI, “ o Banco tem vindo a reforçar o apoio e o acompanhamento às Pequenas e Médias Empresas nacionais com os seus novos Centros de Negócio espalhados por todo o país, sendo o parceiro bancário da FACILCRED, possuindo no terreno equipas que garantem assistência às empresas dos diferentes sectores de actividade, estando habilitados a explicar aos seus responsáveis como se desenrola todo o processo, designadamente sobre o que devem fazer e que documentos apresentar com vista à abertura de conta que lhes possibilitam receber os apoios concedidos, assim como a sua movimentação”, esclareceu.

A FACILCRED disponibilizou mais de Kz 438 milhões em financiamentos a negócios nos sectores da agricultura, processamento e comércio de pescado, agronegócio, recolha de resíduos sólidos, logística e distribuição.

O destaque vai para os 367 projectos no sector da agricultura, 66 projectos para o sector de processamento, comércio de peixe e pesca; 2 projectos no sector do agronegócio; 1 no sector da recolha de resíduos sólidos e 1 no sector da logística e distribuição.

Estes Centros de Negócios actuam com equipas proactivas, que trabalham com uma oferta de soluções específicas para este segmento de clientes, garantindo às empresas o apoio necessário e o acesso a um conjunto de soluções financeiras adaptadas aos mais variados tipos de negócio, permitindo que estas possam crescer e ter maior robustez a nível nacional.

Recorde-se que durante os meses de Fevereiro e Março uma equipa da FACILCRED, acompanhada por membros do FACRA e do GAPDEI – Gabinete Provincial para o Desenvolvimento Económico Integrado, visitou os projectos financiados nas províncias do Namibe e do Huambo, “onde foi possível conhecer melhor os projectos, os beneficiários, as condições de cada actividade financiada e informar os presentes detalhadamente sobre o processo de financiamento, para que o FACRA e o GAPDEI possam perceber junto dos beneficiários as condições em que são atribuídos e acompanhados os financiamentos atribuídos pela FACILCRED, em parceria com o Banco BNI – Banco no qual as contas dos beneficiários são abertas e movimentadas para recepção e utilização dos apoios concedidos aos projectos em curso”, sublinha Clotilde Jesus Moreira, directora-geral da FACILCRED.