Georges Chikoti anuncia apoio ao compartilhamento de vacinas Covax

Georges Chikoti anuncia apoio ao compartilhamento de vacinas Covax

O secretário-geral da Organização de Estados de África, Caraíbas e Pacífico (OEACP), Georges Chikoti, anunciou ontem, na Bélgica, o apoio do secretariado à plataforma de compartilhamento de vacinas Covax/Covid-19

Ao intervir na cerimónia que assinalou o primeiro aniversário de transformação do grupo de países para Organização de Estados (OEACP), Georges Chikoti assegurou que a instituição lançará, em breve, um plano estratégico de cinco anos (2021-2025).

No encontro, que decorreu em formato virtual a partir da sede da organização em Bruxelas, Bélgica, o responsável afirmou que o lançamento do plano estratégico visa incorporar as disposições do Acordo de Georgetown revisto como o novo acordo OACPS-EU, segundo a Angop.

Paralelamente ao plano estratégico, o secretário-geral disse que o Secretariado da OACPS está a trabalhar numa estratégia de comunicação para ajudar a reposicionar a organização.

Georges Chikoti informou, entretanto, que o Comité de Gestão do Fundo Fiduciário de Dotação ACP ASBL (Associação) aprovou, durante a Assembleia Geral ordinária realizada a 26 de Fevereiro último, a nova direcção da Associação.

É composta por oito membros, incluindo representantes das cinco regiões do mundo. Pela África Austral, a Zâmbia ficou como membro do conselho de administração, sendo que Angola, Botswana, Reino do Eswatini fazem parte da assembleia geral da Organização do Fundo Fudiciário de Dotação.

Entretanto, Angola deverá assumir em Julho/Agosto a presidência do Comité de Embaixadores e do conselho de Ministros da Organização de Estados de África, Caraíbas e Pacífico. A presidência angolana terá a duração de seis meses.

O país acolherá a 10ª cimeira da OEACP em 2022, conforme decisão adoptada pela 9ª Cimeira de Chefes de Estado e de Governo da organização. No encontro, Angola esteve representada pelo embaixador Mário de Azevedo Constantino.

Durante a sua alocução a partir de Nairobi, a capital do Quenia, presidente Uhuru Kenyatta pediu mais acordos comerciais e de investimento entre os países membros da Organização dos Estados da África, do Caribe e do Pacífico (OACPS).