COVID-19: país registou 148 novos casos e nenhum óbito nas últimas horas 24 horas

COVID-19: país registou 148 novos casos e nenhum óbito nas últimas horas 24 horas

O país registou, nas últimas 24 horas, a ocorrência de 148 novas infecções de Covid-19, nenhum óbito e 22 recuperados. Dos infectados, 145 residem na província de Luanda, epicentro da doença até ao momento, dois na Huíla e um em Cabinda. Perfazendo um total de 23.697casos positivos, com 554 óbitos e 22.115 recuperados, segundo o boletim epidemiológico da Direcção Nacional de Saúde Pública( DNSP)

Segundo o boletim informativo da pandemia, nas últimas horas, não foi notificado nenhum caso de óbito.

A comissão multissetorial de Prevenção e Combate à COVID- 19 anunciou, ontem, a ocorrência de 148 novos casos, dos quais 78 do sexo masculino e 70 do feminino, com idades compreendidas entre os um mês e 86 anos.

Quanto aos infectados , 145 residem na província de Luanda, dois na Huila e um em Cabinda. Nas últimas horas, conseguiram recuperar 22 pessoas, sendo 19 na província de Luanda, epicentro da doença e três na Huila, com idades entre 2 a 88 anos. Com a alteração dos dados, o país passa a ter um total de 23.697 casos positivos, com 554 óbitos, 22.115 recuperados e 1028 casos activos.

Entre os casos activos, quatro estão em estado crítico com ventilação mecânica invasiva, catorze em estado grave, 55 moderados, 38 com sintomas leves e 917 assintomáticos.

O boletim indica ainda que nos diferentes centros de tratamento a nível do país estão internados 111 doentes e 46 doentes em quarentena institucional.As autoridades sanitárias assistiram 1.189 contactos através da linha de apoio psicológico.

2017 amostras processadas

Os laboratórios processaram, ainda ontem, 2017 amostras por RTPCR. O cumulativo aponta para 461.626 amostras processadas com uma taxa de positividade de 5,1 por cento. No mesmo período, nos pontos de entrada e saída da província de Luanda, foram atendidos na base de testes rápidos serologicos 803 utentes com o complemento do antigénio nos casos reactivos.