João Lourenço testemunha investidura de Sassou Nguesso

João Lourenço testemunha investidura de Sassou Nguesso

O Chefe de Estado angolano, João Lourenço, testemunhou, ontem, a investidura do Presidente reeleito do Congo, Denis Sassou Nguesso, em cerimónia realizada no Palácio dos Congressos, em Brazzaville.

Na sua intervenção, Denis Sassou Nguesso apelou à união de todos os congoleses, em prol do desenvolvimento social e económico do país.

No quadro regional, o Presidente da República do Congo sublinhou a importância da paz, estabilidade e segurança, fundamentais para o bem-estar dos povos da África Central e Austral.

Após o acto de investidura, o líder congolês e convidados assistiram ao desfile de unidades representativas dos diferentes ramos das forças de defesa e segurança do país.

Reeleito a 21 de Março último, para um novo mandato de cinco anos, Denis Sassou Nguesso venceu, com 88,57 por cento dos votos, seis opositores.

O Presidente João Lourenço, que se faz acompanhar da Primeira Dama da República, Ana Dias Lourenço, do ministro das Relações Exteriores, Téte António, e de alguns membros do seu Gabinete, regressou no final da tarde de ontem a Luanda.

A República do Congo é limitada a norte pelos Camarões e República Centro-Africana, a Leste e a Sul pela República Democrática do Congo, a Sul pela província angolana de Cabinda e a Oeste pelo Gabão e o Oceano Atlântico.

Tem uma população estimada em 5 milhões 381 mil habitantes.

A economia do país é centrada na produção industrial, responsável por 71 por cento do Produto Interno Bruto (PIB) nacional, seguida pelo sector de serviços, com 25 por cento, e a actividade agrícola, com 04 por cento.

Angola e o Congo mantêm relações privilegiadas de cooperação nos domínios político, diplomático, económico e cultural e são membros da Comunidade Económica dos Estados da África Central (CEEAC) e da Conferência Internacional sobre a Região dos Grandes Lagos.