COVID-19: 373 pacientes recuperados , 178 novos casos e um óbito

COVID-19: 373 pacientes recuperados , 178 novos casos e um óbito

Nas últimas 24 horas, 373 pacientes foram recuperados, dos quais 360 na província de Luanda, três no Cuanza-Sul, dois no Bengo, igual número em Benguela e na Huíla. Recuperou-se ainda um de cada no Cunene, Malanje, Uige e Zaire

De acordo com o boletim informativo da pandemia, no mesmo período, o país registou a ocorrência de 178 novos casos de infecção da pandemia do Coronavírus, um óbito e 373 pacientes recuperados. Entre os infectados, 172 residem na província de Luanda, quatro na Huíla e dois no Huambo.Existem no total 24.300 casos positivos, com 561 óbitos e 22.576 recuperados.

Entretanto, foi notificado a ocorrência de um óbito na província da Huíla. Trata-se de um cidadão angolano de 54 anos de idade. No mesmo período também foi registado 178 novos casos, dos quais 123 do sexo masculino e 55 do feminino, com idades entre quatro meses aos 92 anos.

As autoridades sanitárias conseguiram recuperar 373 pacientes, dos quais 360 na província de Luanda, três no Cuanza-Sul, dois no Bengo, igual número em Benguela e na Huíla. Houve ainda um caso no Cunene, Malanje, Uige e Zaire, com idades compreendidas entre 1 aos 87 anos.

Até à data, a país passa a ter um total de 24.300 casos positivos, com 561 óbitos, 22.576 recuperados e 1163 casos activos.

Dos activos, existem seis pacientes em estado crítico com ventilação mecânica invasiva, 13 em estado grave, 61 moderados, 43 casos leves e 1040 assintomáticos.

Esclareceu ainda que 123 infectados estão internados nos diferentes centros de tratamento a nível do país, 47 recebem acampamento em quarentena institucional.

A equipa de Saúde mental e intervenção psico-social assistiu 1.301 contactos, através da linha de apoio psicológico.

1934 amostras processadas

Ainda ontem, os laboratórios processaram 1934 amostras por RT-PCR. O cumulativo aponta para 469.747 amostras processadas com uma taxa de positividade de 5,2 por cento. Nos pontos de entrada e saída da província de Luanda foram atendidas na base de testes rápidos serológicos 937 utentes com o complemento do antigénio nos casos reactivos.