Projecto “Ntwala Oh Yeah” arranca no mês de Maio

Projecto “Ntwala Oh Yeah” arranca no mês de Maio

O projecto de cultura natural e artística “Ntwala Oh Yeah” (que quer dizer Vanguarda, em Kikongo), criado pelo músico angolano A’mosi Just a Label, vai arrancar o seu primeiro plano de acção em Maio, num encontro que irá proporcionar aos presentes gastronomia nacional, música ao vivo, artes visuais, exposição de quadros, literatura e boutique de roupas

Com o objectivo central de conferir liberdade às pessoas convidadas a participarem na primeira actividade do projecto, agendada para o dia 28 do mês de Maio, o certame terá lugar em Talatona, no bairro Militar, em Luanda, com o início marcado para às 18 horas.

Previsto para decorrer ao ar livre, tendo a relva como o assento, actuação musical, exposições de obras, livros de escritores angolanos e outras atracções de carácter cultural de acordo com o mentor da iniciativa.

“Ntwala Oh Yeah será uma actividade natural, porque o ser humano é uma existência, e ela existe por si só. Então, existem coisas que estão ligadas a ela, mas de forma muito natural, por exemplo, a alimentação é um dos elementos necessários para a própria existência humana”, referiu.

A’mosi Just a Label também explicou que dentro do projecto, quando se refere ao natural, pretende-se proporcionar às pessoas as condições delas sentirem- se livres no evento, independentemente do seu género ou tipo de indumentária que decidirem vestir, reforçando que integra o projecto apenas pessoas que se alimentam de vegetais.

Nível de adesão

Segundo a fonte, não obstante o facto de não se ter anunciado ao público no geral, simplesmente pela comunicação verbal, já há muitas pessoas que têm mostrado o seu interesse em participar no evento.

“Ainda não comunicamos directamente para o público, porque o projecto começou agora, apenas houve o lançamento pela Internet, mas algumas pessoas já confirmaram as suas presenças”, adiantou A´mosi Just a Label, mentor do projecto.

Expectativas

Em tom filosófico, o músico e responsável da marca Ntwala Oh Yeah assegurou que não há qualquer expectativa para o dia do evento, porque “nós, por norma, não somos pessoas expectantes, o que nós fazemos, enquanto ser, é existir, fazer a nossa parte, neste caso, propor às pessoas e depois nos identificarmos com a realidade, ou seja, vivemos a realidade e aprendemos da realidade”, rematou.

Valdimiro Graciano