Resultado líquido da Nossa Seguros ascende a 5,1 mil milhões Kz

Resultado líquido da Nossa Seguros ascende a 5,1 mil milhões Kz

A Nossa Seguros registou em 2020 um resultado líquido superior a 5,1 mil milhões de kwanzas, o que representa um crescimento de 25% face ao ano anterior. A margem de solvência atingiu 248%, acima do dobro requerido por lei, o que, segundo a administração da empresa, contribuiu para o reforço da robustez e solidez da companhia

Em comunicado, a que O PAÍS teve acesso, a seguradora realça que o significativo aumento do lucro líquido deveu-se nomeadamente ao “forte crescimento das vendas, à redução da taxa de sinistralidade e ao crescimento dos resultados dos investimentos financeiros”, factores que terão também contribuído para que o retorno sobre os capitais próprios da empresa, no final de 2020, se situasse nos 46%.

A empresa manteve-se também num patamar “confortável” no que se refere aos níveis de solvabilidade, sendo que no final de 2020 a margem de solvência foi de 248% e o rácio de cobertura das provisões técnicas líquidas de 232%.

“O alcance dos objectivos de 2020 reflectem a confiança dos clientes, o suporte dos nossos accionistas e parceiros de negócios e a resiliência inequívoca e espírito de missão de todos os colaboradores, a quem estamos profundamente gratos” referiu Alexandre Carreira, presidente da comissão executiva.

A Nossa Seguros, segundo o conselho de administração da companhia, está também apostada em garantir não só os requisitos de garantias financeiras, mas também em desenvolver processos e procedimentos, igualados às melhores práticas internacionais.

“Enquanto actor relevante do sector segurador angolano, a Nossa manteve a sua preocupação em adequar a sua oferta. Isto traduziu-se no desenvolvimento de novos produtos e serviços, adequados às necessidades actuais do mercado, como por exemplo, a utilização de meios remotos para o contacto com os clientes”, lê-se na nota.

No comunicado, a empresa enfatiza ainda que a sustentabilidade e robustez aliada a um profundo sentido de cidadania e cooperação, permitiram uma doação de 400 milhões de kwanzas ao Ministério da Saúde, como contributo nos esforços de combate à pandemia, numa iniciativa conjunta com outras empresas de que faz parte.

“Projectamos um ano de 2021 de desafios, mas também de oportunidades. Na busca de soluções para os nossos clientes vamos trabalhar com responsabilidade, dinamismo e imbuídos de espírito de missão, salvaguardando a solidez e a sustentabilidade da companhia”, acrescentou o presidente da comissão executiva, Alexandre Carreira.

A Nossa Seguros é uma instituição financeira não bancária, sujeita à supervisão da Agência Angolana de Regulação e Supervisão de Seguros (ARSEG), entidade reguladora da actividade das seguradoras, em Angola.

Pertencente ao grupo financeiro do Banco Angolano de Investimentos (BAI), a companhia encerrou o ano de 2019 com um reforço da sua posição no mercado segurador nacional, em termos de receita, atingindo uma quota de mercado de 10%, mantendo-se no grupo das quatro maiores seguradoras do mercado angolano.