Petro de Luanda pode ficar a uma vitória do título do Nacional

Petro de Luanda pode ficar a uma vitória do título do Nacional

Em caso de vitória esta noite, os tricolores ficam a uma vitória do título, mas os polícias vão procurar o empate na final, a melhor de cinco jogos

Depois da vitória na jornada inaugural, por 92-71, o Petro de Luanda tenta esta noite, às 19:00, vencer pela segunda vez o Interclube, no Arena do Kilamba, em jogo referente ao jogo segundo do play-off , a melhor de cinco, da final do Unitel-Basket, Campeonato Nacional de basquetebol sénior masculino de basquetebol.

Para concretizar este objectivo, os tricolores são obrigados a repetir a proeza da ronda anterior, de modo a ficarem mais perto da revalidação do título conquistado em 2019. A temporada 2020, foi anulada face ao surgimento do novo Coronavírus “Covid- 19”, doença que assola o mundo.

Deste modo, Carlos Morais, Gerson Domingos e companheiros vão procurar resolver o embate nos dois primeiros períodos, ou seja, na primeira parte com o lançamento na zona dos três metros e 26 centímetros.

Ainda assim, os comandados de José Neto não podem desprezar o adversário que possui executantes com táctica e técnica acima da média, porque cada partida tem a sua história e o encontro desta noite no recinto, que acolheu o Campeonato do Mundo de hóquei em patins, não vai fugir à regra.

Por sua vez, os comandados de Raúl Duarte terão de esquecer o desaire anterior e anular as principais unidades da equipa de José Neto que encarar esta final com os olhos na competição africana sob a égide da Confederação Africana de Basquetebol, mas Márcio Barros e colegas terão de puxar dos galões.

Neste quesito, a turma afecta ao Ministério do Interior terá a oportunidade para surpreender os tricolores com jogadas rápidas e lançamento de baixo do cesto.

No lançamento desta partida, o treinador do Interclube, Raúl Duarte, prometeu um conjunto diferente e que tudo fará para vencer, bem como conseguir empatar a final do Campeonato Nacional sénior masculino de basquetebol.

No Petro de Luanda, o timoneiro José Neto prometeu uma equipa forte e capaz de conseguir a segunda vitória rumo ao ceptro.