Editorial: Semear

Editorial:  Semear

Quem acompanhou a última edição do programa ‘Semear’, apresentado pela Televisão Pública de Angola, deve ter ficado comovido com o caso do jovem Sikila, um empreendedor que, apesar de uma formação superior em tecnologia, se sentiu realizado a lavrar a terra, produzindo batata-rena e outros produtos.

Sikita é, exactamente, o modelo daquilo que pode servir de base para o fomento da empregabilidade no campo, caso muitos jovens abandonem a ideia de que só se prospera estando nas grandes cidades.

Claro que uma aposta do género não se faz de um momento para o outro, sendo necessário um elemento fulcral: a terra. Desde que o Estado avance com a sua distribuição, sabendo-se que o país tem enormes parcelas sub-aproveitadas, não há dúvidas de que muitos jovens se sentirão inspirados em apostar também. É este, na verdade, o espírito da mensagem que há dias o Presidente da República, João Lourenço, pregou, recentemente, no fórum que aconteceu na Itália.