Nova unidade fabril do grupo Sunavest orçada em USD 15 milhões

O grupo Sunavest está a investir cerca de USD 15 milhões numa nova unidade fabril de reciclagem de papel, devendo entrar em funcionamento em Setembro do corrente ano

Com uma capacidade instalada de 55 toneladas/ dia e uma média anual de 20 mil toneladas/ ano, o investimento enquadra-se na estratégia do Estado angolano de fomento da produção local.

O administrador do grupo, Carlos Alves, disse que com essa produção de reciclados poderão ser feitas caixas de papelão, embalagens, bem como sacolas de papel, tudo com carimbo de 100 por cento produzido em Angola.”Esse investimento, além de ser um ponto positivo para a economia do país, vai também ajudar o ambiente, uma vez que o plástico tem um alto custo e poucos chegam a ser recicladas”, disse.

O grupo Sunavest é detentor das fábricas Zeepack Angola e da Plastcon, que desenvolvem projectos industriais com tecnológica de última geração para papel e plástico.

Com mais de 120 trabalhadores, dos quais 85% nacionais, a indústria tem as suas linhas de trabalho viradas para a substituição da importação de matéria- prima, investindo nas áreas do sector primário, reduzindo assim a folga de divisas.