Benguela paralisa e Huambo dá moratória de 90 dias ao ministério

Benguela paralisa e Huambo dá moratória de 90 dias ao ministério

O sindicato da Administração Pública, Saúde e Serviços, em Benguela, paralisou as suas actividades laborais como forma de pressionar o Ministério da Administração Pública, Emprego e Segurança Social a resolver o problema de milhares de trabalhadores, que reclamam actualização de . . .


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta