PCA do Porto do Lobito defende aposta na formação como factor de combate à corrupção

PCA do Porto do Lobito defende aposta na formação como factor de combate à corrupção

Para Celso Rosas, só mediante a aposta em modelos contínuos de superação técnica dos quadros é que se pode atingir a excelência no domínio da gestão dos activos públicos

O presidente do Conselho de Administração do Porto do Lobito, Celso Rosas, defendeu, ontem, a contínua aposta na formação do homem com vista a combater a corrupção e outros actos que lesam o sistema funcional da sua instituição.

Segundo o gestor público, só mediante a aposta em modelos contínuos de superação técnica dos quadros é que se pode atingir a excelência no domínio da gestão dos activos públicos.

Celso Rosas, que falava durante a abertura de uma acção formativa dos quadros da empresa, declarou tolerância zero à corrupção por considerar que o fenómeno constitui o maior inimigo e mal que deve ser extirpado e expurgado.

O PCA fez saber ainda que, no âmbito da boa gestão, o seu conselho administrativo institucionalizou, na empresa, a figura de um agente da Procuradoria Geral da República (PGR) e dos Serviços de Investigação Criminal (SIC), fazendo com que todos os casos anómalos e graves que redundam em crime sejam processados e responsabilizados, ao mesmo tempo que estão instaladas oito caixas de denúncias contra posturas indecorosas. “Como membro do Pacto Global das Nações Unidas, o Porto do Lobito pauta por atitudes e postura correcta dos seus responsáveis, não permitindo que nenhum mal como o fenómeno corrupção se instale na empresa”, frisou.

Sobre a formação, a mesma tem como público- alvo membros do Conselho de Administração e directores de distintas áreas do Porto do Lobito no quadro do plano de formação que a empresa leva a cabo desde o princípio do ano. A formação que é ministrada por formadores do grupo empresarial IBMSA, visa a transmissão de conhecimentos sobre as várias formas de corrupção e como combatê-las, e munir os responsáveis da empresa de instrumentos que permitam melhorar a sua performance, atitudes e comportamentos no trabalho diário.