Malária e má nutrição superlotam pediatria de Benguela e deixam autoridades apreensivas

Malária e má nutrição superlotam pediatria de Benguela e deixam autoridades apreensivas

A pediatria do Hospital Geral de Benguela regista um número de pacientes que limita a sua capacidade. Concebida para atender 100 a 150 crianças, hoje a pediatria tem um registo de 400 crianças com má nutrição e mais de 100 com malária, para os . . .


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta