95% da dívida do consumo de água em Ndalatando pertence às instituições públicas

95% da dívida do consumo de água em Ndalatando pertence às instituições públicas

Como consequência os trabalhadores da Empresa de Águas e Saneamento do Cuanza-Norte (EASCN) estão há dois meses sem salários e as contas da empresa foram congeladas pela Administração Geral Tributaria (AGT), que admite penhorar a sede da empresa

O facto foi anunciado à imprensa . . .


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta