Editorial: O xadrez e o Presidente

Editorial: O xadrez e o Presidente

Numa fase em que a Covid-19 tem ‘roubado’ a atenção da sociedade, ainda assim não tem faltado do Executivo angolano, encabeçado pelo Presidente João Lourenço, o cuidado de se ver como está o desporto em Angola, em várias modalidades.

Há pouco tempo, o Chefe de Estado reuniu-se com os responsáveis das principais federações, procurando, entre outras preocupações, solução para o estado em que se encontram as infra-estruturas desportivas erguidas em Angola, maioritariamente sub-aproveitadas.

Nos últimos dias, o Presidente João Lourenço sugeriu, em Luanda, “ser nossa obrigação, enquanto praticantes de xadrez, promovermos a aprendizagem da modalidade, pela importância que ela encerra”.

João Lourenço disse não ser por acaso que se considera o xadrez “jogo-ciência”, porque ajuda a desenvolver a concentração, e, sobretudo, o raciocínio lógico, fundamental para a vida das pessoas.