PGR confisca 13 imóveis na Huíla ligados ao major Lussati

PGR confisca 13 imóveis na Huíla ligados ao major Lussati

A Procuradoria-geral da República (PGR) confiscou 13 imóveis nos municípios do Lubango, Humpata, Cacula e Caluquembe, província da Huíla, no âmbito da operação “Caranguejo”, supostamente ligados a oficiais arrolados ao caso “Major Luassati”.

A informação que foi veiculada, ontem, pela Rádio . . .


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta