Ex-professor condenado a pagar Kz 25 milhões por uso de certificado falso do ISCED

Ex-professor condenado a pagar Kz 25 milhões por uso de certificado falso do ISCED

O Tribunal da Comarca do Cuanhama, província do Cunene, condenou, esta Segunda-feira, o ex-professor Tchilalo Muhala, a três anos de prisão, pelos crimes de falsificação de documentos autênticos, uso de outros falsos e exercício ilegal de funções públicas.

Na leitura . . .


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta