CGSILA denuncia que há empresas de segurança que “escravizam” funcionários

CGSILA denuncia que há empresas de segurança que “escravizam” funcionários

O secretário-geral da Central Geral dos Sindicatos Independentes e Livres de Angola (CGSILA), Francisco Jacinto Pedro Gaspar, revelou, a OPAÍS, que há empresas de segurança que vão recrutar funcionários nas províncias de Benguela, Cunene, Huíla e Namibe para os “explorar” em . . .


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta