É de hoje… Meio termo

É de hoje… Meio termo

Os dados não têm sido animadores. Não há sequer como imaginar num cenário semelhante aos que vivemos nos primeiros meses desde que nos apercebemos de que a Covid-19 existia e que estava longe das nossas imaginações.

É impossível não se preocupar com os . . .


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta