Jovens ateiam fogo ao pai por alegadamente ser feiticeiro

Jovens ateiam fogo ao pai por alegadamente ser feiticeiro

Dois cidadãos nacionais de 30 e 39 anos de idade, respectivamente, foram detidos pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC) em Cabinda por terem ateado fogo ao próprio progenitor por alegadamente ser feiticeiro.

A dupla decidiu por fim a vida do pai por acreditarem piamente que seja . . .


Registe-se como Assinante ou inicie sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta