Lussaty e companheiros “criaram” mais de 700 fantasmas na Unidade de Protecção de Obras Especiais

Lussaty e companheiros “criaram” mais de 700 fantasmas na Unidade de Protecção de Obras Especiais

O major Pedro Lussaty e os seus companheiros beneficiaram, durante 10 anos, de salários de um total de 702 militares “fantasmas”, alegadamente destacados na Unidade de Protecção de Obras e Infra-Estruturas Especiais do Estado (UPOIEE), afecta à Casa de Segurança do Presidente da República (CSPR . . .


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta