Mais de 200 chineses interessados na economia angolana

Mais de 200 chineses interessados na economia angolana

Durante duas horas, as atenções dos empresários chineses inscritos na Camara de Comércio Angola-China estavam direccionadas para a realidade macroeconómica de Angola, principalmente a desvalorização do Kwanza, o novo Imposto de Valor Acrescentado (IVA) e flutuação do c . . .


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta