Mais de 40 moto-taxistas julgados por desobediência ao estado de emergência

Mais de 40 moto-taxistas julgados por desobediência ao estado de emergência

O Tribunal Provincial de Luanda julga, desde ontem, um grupo de 44 jovens que sobrevivem da actividade de moto-táxi, por inobservância da ordem que consta no Decreto de Estado de Emergência. O serviço de moto-táxi deve estar suspenso . . .


Registe-se como Assinante ou inicie sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta