Médicos aderem à greve e pacientes reclamam contra o atendimento

Médicos aderem à greve e pacientes reclamam contra o atendimento

Sindicato fala em adesão maciça e queixa- se de intimidação por parte da Polícia na província do Huambo. Em Luanda, a maioria das unidades estão a prestar os serviços mínimos, enquanto o ministério de tutela diz não existir razões objectivas para a greve.


Registe-se ou inicie sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta