MININT vai reter salário de efectivos que fugirem a paternidade

MININT vai reter salário de efectivos que fugirem a paternidade

O ministro do Interior, César Laborinho, anunciou, nesta Sexta-feira, que para mitigar os efeitos e as consequências da fuga à paternidade e a falta de prestação de alimentos, entre os seus efectivos, a sua equipa vai continuar a reforçar a cooperação . . .


Registe-se como Assinante ou inicie sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta