Ministra da Cultura defende mercado livre de bens culturais

Ministra da Cultura defende mercado livre de bens culturais

A governante angolana, que falava na sessão de abertura da XI Reunião dos Ministros da Cultura da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP), recordou que o mercado comum livre poderá impulsionar a geração de emprego para a população jovem dos países africanos . . .


Registe-se como Assinante ou inicie sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta