Ministro da Defesa alemão recusou-se a considerar Ucrânia como um aliado

Ministro da Defesa alemão recusou-se a considerar Ucrânia como um aliado

A Alemanha não é um aliado da Ucrânia, declarou o ministro da Defesa alemão, Boris Pistorius, em entrevista à ZDF. “Em primeiro lugar, não somos aliados da Ucrânia.

Isso significa que não estamos numa situação que nos obrigue a intervir no âmbito da Aliança [OTAN]”, disse ele. Desta forma Pistorius respondeu à pergunta se a quantidade insuficiente de assistência militar a Kiev significa que o Ocidente é incapaz de “ripostar”.

Segundo ele, a Alemanha ocupa o segundo lugar em termos de assistência à Ucrânia, “muito à frente dos outros”. “Fazemos o que podemos.

O mesmo se aplica a quase todos os outros aliados e parceiros”, disse o ministro, comentando as alegações sobre o apoio militar insuficiente.

Por sua vez, Maria Zakharova, a porta-voz oficial do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, comentou as palavras do ministro alemão dizendo em tom de brincadeira que ele “mudou a sua opinião por ter mudado de sapatos”.