“Não se prendem pessoas em dias de óbito”

“Não se prendem pessoas em dias de óbito”

O Procurador-Geral da República Adjunto, Mota Liz, desdramatizou ontem o receio de as filhas do ex-Presidente José Eduardo dos Santos em virem a Angola para as exéquias do seu pai, afirmando que não existe qualquer perseguição contra elas.

Respondendo à questão sobre . . .


Registe-se como Assinante ou inicie sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta